Dia 10 de Dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos – marca o último dia dos 16 Dias de Activismo contra a Violência Baseada no Género. Em todo o mundo, organizações e indivíduos têm aumentado a consciencialização sobre o problema contínuo da violência baseada no género, defendendo urgentemente a sua prevenção e eliminação.

Comité de jovens, Chambula

Em Inhambane, Moçambique, o nosso projecto inclinou-se para os 16 Dias de Activismo através de discussões sobre saúde sexual e reprodutiva e direitos humanos realizados por comités de jovens nas comunidades rurais. Grupos de jovens raparigas e rapazes de 16 comunidades diferentes na província de Inhambane reúnem-se mensalmente para partilhar experiências em espaços seguros e aprender sobre questões relacionadas com seus corpos, seus relacionamentos, e seus direitos e responsabilidades em relação à saúde sexual e reprodutiva.

Um dos principais temas de discussão – e preocupação – é o casamento precoce e forçado, e gravidez prematura, para as raparigas. Os comités da juventude identificaram prontamente o casamento precoce e forçado como uma violação dos direitos das raparigas e uma forma de violência que limita severamente as oportunidades educacionais e de vida das raparigas. Especialmente em relação à gravidez precoce, o casamento forçado restringe as habilidades das raparigas para promover e proteger a sua própria saúde e coloca-as em maior risco de complicações durante a gravidez e parto. A prevalência da desigualdade de género agrava ainda mais esses riscos, impossibilitando muitas vezes que as vozes e decisões das raparigas e das mulheres sejam ouvidas. A resolução do problema do casamento precoce e forçado numa série de níveis – familiar, comunitário, regional, nacional – continua a ser urgente, por isso os nossos comités da juventude estão a trabalhar com seriedade dando a sua contribuição.

Jovens, Chocolane

Aplaudimos todos os jovens de Moçambique e de todo o mundo que se esforçam por inverter a epidemia da violência baseada no género e tornar as suas comunidades mais seguras para todos.